Fator de sensibilidade no diabetes: Como calcular?

Fator de sensibilidade no diabetes: Como calcular?

fator de sensibilidade no diabetes

Fator de sensibilidade é a medida de quanto uma unidade de insulina rápida ou ultrarrápida é capaz de reduzir o valor da glicemia.

É uma característica individual que pode apresentar variações ao longo do dia.

Justamente por isso é motivo de muitas dúvidas entre os pacientes com diabetes.

O fator de sensibilidade no diabetes aumenta com a atividade física, diminui em dias de doença, com o uso de certos medicamentos como corticoides ou com o ganho de peso do paciente.

A Regra dos 1700 do fator de sensibilidade

Essa regra é realizada quando são utilizados análogos ultrarrápidos (insulinas lispro, asparte ou glulisina).

Já no caso da insulina rápida (regular) utiliza-se a “regra dos 1500”.

O cálculo consiste em dividir 1700 (ou 1500) pela dose total média das insulinas utilizadas em 24 horas (basal + ultrarrápida ou basal + rápida).

O valor obtido dessa conta é o fator de sensibilidade (FS).

Exemplos:
NPH: 16u AC + 14u AA + 12u AD
Lispro: 3u AC + 5u AA + 3u AJ
Total = 53u 0->FS = 1700/ 53 = 32
NPH: 14u AC + 12u AA + 8u AD
Regular: 2u AC + 4u AA + 2u AJ
Total = 42u -> FS = 1500/42 = 35,7 (considera-se 36)

O cálculo do Bolus de Correção (BC) leva em consideração o fator de sensibilidade.

O Bolus Correção é calculado subtraindo-se o valor da meta glicêmica
(META) do valor da glicemia do momento (GM) e dividindo-se o resultado
pelo FS.

Exemplo:
Glicemia do momento = 250mg/dl
Meta pré-refeição = 100 mg/dl
Fator de sensibilidade = 30
Bolus correção = (250 – 100)/30 = 150/30 = 5u

Achou complicado? Não tem problema!

É verdade que se você for fazer todos esses cálculos “na mão” vai ter um certo trabalho todos os dias…

Mas você pode utilizar uma ferramenta gratuita para te ajudar a controlar o Diabetes.

Então, se você busca um controle mais preciso e prático do seu Diabetes, veja isso:

Compartilhe:
0
20
Pin Share20

Posts Relacionados

Fazer comentário

Recent Posts